Mesa-oráculo (grande)

1_07

Mesa-oráculo (grande), 2019

(no chão/on the floor)

Na exposição TRABALHO CAPITAL # ENSAIO SOBRE GESTOS E FRAGMENTOS, curada pelo Paulo Mendes para o Centro de Arte Oliva, em S. João da Madeira, 2019.
Fotografia: Paulo Mendes Archive Studio / Pedro Figueiredo

TRABALHO CAPITAL – Inauguração

Inaugura amanhã, dia 13 de Abril, no Centro de Arte Oliva, em S. João da Madeira, a exposição Trabalho Capital- Ensaio sobre Gestos e Fragmentos, curada pelo Paulo Mendes e na qual participarei com uma nova versão das minhas mesas-oráculos.

It opens tomorrow, April 13th, at the Centro de Arte Oliva, in S. João da Madeira, Portugal, the exhibition Trabalho Capital -Ensaio sobre Gestos e Fragmentos (Capital Work – Essay on Gestures and Fragments), curated by Paulo Mendes and in which I will take part with a new version of my mesas-oráculos (oracle tables).

CAO_Cartaz_TabalhoCapital_v4_Press

TRABALHO CAPITAL
ENSAIO SOBRE GESTOS E FRAGMENTOS

Uma exposição-instalação comissariada por PAULO MENDES a partir da COLEÇÃO NORLINDA E JOSÉ LIMA no Centro de Arte Oliva

INAUGURAÇÃO _ 13 DE ABRIL 2019_ SÁBADO_ 21:30H

Na noite de inauguração vão acontecer performances de ANTÓNIO OLAIO, ANDRÉ ALVES, MANUEL SANTOS MAIA, XAVIER PAES
e DJSET com DONE DEAL e TENDENCY
_
TRABALHO CAPITAL # ENSAIO SOBRE GESTOS E FRAGMENTOS
uma exposição-instalação com a participação entre outros de _

A KILLS B / ANDRÉ ALVES / ALBUQUERQUE MENDES / ÁLVARO LAPA / ANA JOTTA / ANDRÉ CEPEDA / ANDRÉ GUEDES / ANDRES SERRANO / ÂNGELA FERREIRA / ÂNGELO DE SOUSA / ANTÓNIO AREAL / ANTÓNIO CHARRRUA / ANTÓNIO OLAIO / ANTÓNIO PALOLO / ANTÓNIO SENA / ARLINDO SILVA / ARTUR BARRIO / BEATRIZ ALBUQUERQUE / CARLA FILIPE / CARLOS BOTELHO / CARLOS CORREIA / CINDY SHERMAN / DAMIEN HIRST / DINIS SANTOS / EDUARDO BATARDA / EDUARDO MATOS / FERNANDO J. RIBEIRO / FRANZ WEST / GABRIEL ABRANTES / GONÇALO BARREIROS / GONÇALO PENA / GRAÇA PEREIRA COUTINHO / HELENA ALMEIDA / HORÁCIO FRUTUOSO / HUGO DE ALMEIDA PINHO / INÊS NORTON / JÉRÉMY PAJEANC / JOANA ROSA / JOÃO LOURO / JOÃO MARÇAL / JOÃO MARIA GUSMÃO + PEDRO PAIVA / JOÃO PEDRO VALE + NUNO ALEXANDRE FERREIRA / JOÃO TABARRA / JOAQUIM BRAVO / JOAQUIM RODRIGO / JORGE MOLDER / JORGE QUEIROZ / JOSÉ ALMEIDA PEREIRA / JOSÉ LOUREIRO / JOSÉ PEDRO CROFT / JULIÃO SARMENTO / LEONEL MOURA / LOURDES CASTRO / LUDGERO ALMEIDA / LUÍS PAULO COSTA / LUÍSA MOTA / LUÍSA PEREIRA COSTA / MARTIN KIPPENBERGER / MANUEL BAPTISTA / MANUEL BOTELHO / MÁRIO DIONÍSIO / MANUEL SANTOS MAIA / MARIA HELENA VIEIRA DA SILVA / MARIA TRABULO / MARTINHO COSTA / MAX FERNANDES / MIGUEL LEAL / MICHELANGELO PISTOLETTO / MIGUEL PALMA / MIMMO ROTELLA / MUSA PARADISÍACA / NAN GOLDIN / NUNO PIMENTA / NUNO RAMALHO / NUNO SOUSA VIEIRA / PAULO NOZOLINO / PEDRO CABRAL SANTO / PEDRO CABRITA REIS / PEDRO CALAPEZ / PEDRO PORTUGAL / PEDRO PROENÇA / PIRES VIEIRA / RICARDO VALENTIM / ROSA RAMALHO / SARA & ANDRÉ / SÓNIA DELAUNAY / SOPHIE CALLE / STEPHAN BALKENHOL / STUART CARVALHAIS / SUSANA MENDES SILVA / TIAGO ALEXANDRE / TIAGO MADALENO / TIAGO BAPTISTA / THOMAZ DE MELLO / VANESSA BEECROFT / XAVIER ALMEIDA / XAVIER PAES
_
_
_
TRABALHO CAPITAL # ENSAIO SOBRE GESTOS E FRAGMENTOS 

“A luta do homem contra o poder é a luta da memória contra o esquecimento.”
Milan Kundera

“A cultura é a regra, a arte é a excepção. Faz parte da regra querer a morte da excepção.”
Jean-Luc Godard

 Nesta exposição-instalação coloca-se em diálogo a colecção Norlinda e José Lima com novas obras realizadas para este projecto, outras já produzidas e, igualmente, material documental e técnico do espólio museológico industrial relacionado com a história da Fábrica Oliva. Pretende-se convocar a memória histórica, social e política da Oliva, confrontando-a com o nosso tempo e o actual espaço expositivo.
A convocação desse património material e imaterial é uma das componentes importantes deste projecto, tendo como premissa aqui reunir trabalhos que estejam de forma mais directa ou indirectamente relacionados com algumas ideias e conceitos que podemos inventariar e debater com a ideia de TRABALHO.
Nesta Fábrica, fundada nos anos 20 do século passado e definitivamente fechada em 2010, existe agora um espaço cultural. Aqui assistimos à fragmentação e recomposição de um espaço fabril, que permite novos usos e sentidos performativos.
Numa cidade com um grande parque industrial, deseja-se não obliterar essa memória, mas convocá-la para este projecto, que vai confrontar os habitantes da cidade e os visitantes que chegam de fora, com uma realidade industrial passada e presente. A ocupação de uma antiga Fábrica por um projecto cultural levanta questões sobre a relação entre trabalho e cultura, entre valores materiais (produção de capital) e imateriais (produção de cultura).
Nesta exposição-instalação, a memória do espaço de trabalho, fabril e industrial será reactivada através de documentação fotográfica e fílmica. Foram realizadas um conjunto de entrevistas a antigos operários, iniciando, assim, um arquivo oral e de vídeo que vai ser exibido na exposição como forma de devolver a Fábrica Oliva à cidade e restabelecer uma ponte com o passado.
A cenografia da exposição irá remeter para um espaço industrial em (re)construção, evocando-se as reminiscências do passado industrial em confronto com a produção contemporânea de cultura. A materialização dessas memórias é realizada através de propostas de transformação e práticas espaciais que exploram leituras interdisciplinares do património arquitectónico e dos espaços pós-industriais, mobilizando-se a participação das artes visuais, arquitectura e imagem em movimento. Pretende-se aprofundar, na sua pesquisa, diferentes ferramentas da antropologia, história ou arqueologia, através da pesquisa de terreno ou da documentação em arquivo. Neste projecto convidamos o público, os criadores e investigadores a explorar a dimensão cultural do espaço físico pós-industrial.
_

TRABALHO CAPITAL # ENSAIO SOBRE GESTOS E FRAGMENTOS
CENTRO DE ARTE OLIVA situado na OLIVA CREATIVE FACTORY localizada em São João da Madeira
CENTRO DE ARTE OLIVA _ www.centrodearteoliva.pt

Rua da Fundição 240
3700-119 São João da Madeira
tel_256 004 190
centrodearteoliva@cm-sjm.pt
_

TRABALHO CAPITAL _ COMITÉ DE PRODUÇÃO
concepção do projecto / coordenação geral da produção e curadoria _ Paulo Mendes
produção executiva _ Rui Manuel Vieira e Rogério Ribeiro
produção e investigação _ Susana Rodrigues
registo documental _ Israel Pimenta 

Round Table – Visual Spaces of Change

Amanhã, dia 12 de Dezembro, às 11 horas estarei no MIL para participar numa mesa redonda do projecto Visual Spaces of Change. A entrada é livre / Tomorrow, Dec 12th, at 11 AM I will be at MIL-UP to take part on a round table related with the project Visual Spaces of Change. Free entrance.

https://mil.up.pt/2018/11/visual-spaces-of-change-a-fotografia-como-instrumento-de-reflexao-sobre-a-transformacao-do-espaco-publico/?fbclid=IwAR0MHU2iDJ_iPbtR6hRmabNLaYyGHX735F9l9fGs0nzPwz5mQBnpZpsYgBQ

O 2º Ciclo de debates AAI – Arquitectura, Arte, Imagem e Inovação, sob o tema ‘Visual Spaces of Change: a fotografia como instrumento de reflexão sobre a transformação do espaço público’ é organizado pelo Centro de Comunicação e Representação Espacial (CCRE / CEAU / FAUP) e o Laboratório de Arquitectura, Arte, Imagem e Inovação (AAi2 Lab), no âmbito do projecto VSC em parceria os Laboratórios de Inovação em Media da Universidade do Porto MIL-UP, com o apoio institucional da scopio Editions.

Geometria sónica – 2º ciclo

Algumas imagens do meu trabalho na expsoição do 2º ciclo do projecto Geometria Sónica, que fica até 13.01.2019 no Arquipçélago Centro de Artes contemporâneas, em S. Miguel, nos Açores. Estas peças resultam da residência que fz na ilha, em Julho de 2018, juntamente com o Pedro Tudela. Além de nós os dois, nesta exposição participam também Mike Cotter e Tomás Cunha Ferreira. O projecto tem curadoria de Nuno Fraia e Nicolau Tudela.

Some images of my work in the exhibition of the 2nd cycle of the Sonic Geometry project, which stays until 13.01.2019 in the Archipelago Center of Contemporary Arts, in S. Miguel, in the Azores. These pieces are the result of my residence on the island in July 2018, together with Pedro Tudela. In addition to the two of us, this exhibition also includes works by Mike Cotter and Tomás Cunha Ferreira. The project is curated by Nuno Faria and Nicolau Tudela.

Mais info/More info : http://arquipelagocentrodeartes.azores.gov.pt/programacao/exposicao-geometria-sonica-2o-ciclo/?fbclid=IwAR246qjqNX5ogqy1cUIZrpPn0GbOo21O4h_27UpQM458GmTjPsI-opQckjg

Modelos, 2018 Maquetas em madeira pintada. Dimensões variáveis

Modelos, 2018
Maquetas em madeira pintada.
Dimensões variáveis

Corpo-ilha, 2018 3 monitores vídeo, 3 canais video, HD, 4’ em rotação pelos 3 monitores, s/som

Corpo-ilha, 2018
3 monitores vídeo, 3 canais video, HD, 4’ em rotação pelos 3 monitores, s/som

Mesa-oráculo, 2018 Vinil autocolante, barro e objectos vários Dimensão da grelha:  120x80 cm

Mesa-oráculo, 2018
Vinil autocolante, barro e objectos vários
Dimensão da grelha: 120×80 cm

Monstra (pedras), 2018 Madeira pintada, metal e pedras. Aprox. 400x800x90 cm

Monstra (pedras), 2018
Madeira pintada, metal e pedras.
Aprox. 400x800x90 cm

Helicoidais, 2018
Motores de baixa rotação, cabo de aço, alumínio e cobre.
Dimensões variáveis

Harmónios (Corner Pieces), 2014-2018 Tijolo burro Dimensões variáveis

Harmónios (Corner Pieces), 2014-2018
Tijolo burro
Dimensões variáveis

Astra (fumo), 2018 Vídeo, HD, 8’ 5’’ em loop, s/som

Astra (fumo), 2018
Vídeo, HD, 8’ 5’’ em loop, s/som

img_20181026_163608

Máquina transformista, 2018 Tijolo burro, máquina de fumo Dimensões variáveis

Máquina transformista, 2018
Tijolo burro, máquina de fumo
Dimensões variáveis

img_20181027_161846

Máquina transformista, 2018 Tijolo burro, máquina de fumo Dimensões variáveis

Máquina transformista, 2018
Tijolo burro, máquina de fumo
Dimensões variáveis

Máquina transformista, 2018 Tijolo burro, máquina de fumo Dimensões variáveis

Máquina transformista, 2018
Tijolo burro, máquina de fumo
Dimensões variáveis

img_20181026_163959

Modelos de ilha, 2018 Pedra e barro; monte de barro Dimensões variáveis

Modelos de ilha, 2018
Pedra e barro; monte de barro
Dimensões variáveis

Há lágrimas das coisas/There are tears of things, 2018 Janela e esferas de vidro

Há lágrimas das coisas/There are tears of things, 2018
Janela e esferas de vidro

Geometria Sónica

Inaugura no próximo Sábado, dia 27, às 18.30, o 2º ciclo de exposições do projecto Geometria Sónica (S. Miguel, Açores), em que participo com o Pedro Tudela, o Mike Cooter e o Tomás Cunha Ferreira, com curadoria de Nuno Faria e Nicolau Tudela.
Opens next Saturday, October 27th, at 6.30 pm, the 2nd Cycle of exhibitions of the project Sonic Geometry, at Arquipélago – Centro de Artes Contemporâneas (S. Miguel, Azores),  curated by Nuno Faria and Nicolau Tudela, in which I participate with Pedro Tudela, Mike Cooter and Tomás Cunha Ferreira.

Exposição GEOMETRIA SÓNICA 2º CICLO

 

 

 

 

44653835_2076046462707406_8305283590053167104_n

Ways of Making

Amanhã, 17 de Outubro,  às 15 h, no auditório da Faculdade de Letras, no Porto, Participarei na conferência Ways of Making, com uma apresentação intitulada “To do things (Art is made of its own making?)

Tomorrow, October 17th, at 15h, in the Faculty of Arts (Faculdade de Letras) of the University of Porto, I will take part on the conference Ways of Making with a talk entitled To do things (Art is made of its own making?)”

https://waysofmaking2018.wixsite.com/making2018/programa

Unframing Archives – Essays On Cinema And Visual Arts

É lançado esta quarta-feira, dia 17 de Outubro, às 17h, no Passos Manuel, o livro Unframing Archives – Essays On Cinema And Visual Arts, com edição de Eugénia Vilela, Filipe Matins e Né Barros, onde participo com o texto “Marginalia”, juntamente com textos de  Andrzej Marzec, Bill Nichols, Catarina Mourão, Deirdre Boyle, Éfren Cuevas, Fernanda Fragateiro, Filipe Martins e Péter Forgács.

It’s released this Wednesday, October 17th, at 17h, in Passos Manuel, Porto, Portugal, the book Unframing Archives – Essays On Cinema And Visual Arts, edited by Eugénia Vilela, Filipe Matins and Né Barros, including a text of mine —”Marginalia” —, together with texts by Andrzej Marzec, Bill Nichols, Catarina Mourão, Deirdre Boyle, Éfren Cuevas, Fernanda Fragateiro, Filipe Martins and Péter Forgács

http://familyfilmproject.com/en/books/2018-unframing/

unframing_archives

 

ABSTRACT

The Aesthetic, Politics and Arts Collection dedicates the present edition to the archive and the memory through a series of essays and interviews. Andrzej Marzec, Bill Nichols, Catarina Mourão, Deirdre Boyle, Éfren Cuevas, Fernanda Fragateiro, Filipe Martins, Miguel Leal, Péter Forgács contribute to a discussion about the limits of the formalization of the real and, at the same time, launch challenges about the possibilities of the reinstatement of the archive in the field of arts and politics.

 

INDEX

Introduction

FILIPE MARTINS, Between Formalism and Realism: the case of cinema

ANDRZEJ MARZEC, Post-Digital Aesthetics: an art of imperfection,
disturbances and disintegration

MIGUEL LEAL, Marginalia

CATARINA MOURÃO, Poetry and Bureaucracy

ÉFREN CUEVAS, Making (Micro) History with Domestic Archives

CATARINA MOURÃO, Anatomia de um filme de família

DEIRDRE BOYLE, Meanwhile Somewhere: A conversation with Péter Forgács

BILL NICHOLS in dialogue with PÉTER FORGÁCS, The Memory of Loss: Péter Forgács’s Saga of Family Life and Social Hell

BILL NICHOLS, Ecstasy, Charisma and Werner Herzog’s Grizzly Man

FERNANDA FRAGATEIRO, Materials Laboratory

LOTE# 3 – Vídeo

LOTE# 3
Poste Matosinhos ‹ Mercearia S. Miguel
Com Andreia Santana, Hernâni Reis Baptista, Miguel Leal e Vítor Israel

Inauguração esta quinta-feira, dia 5 de Junho às 17.30.

Curadoria de Luísa Abreu e João Baeta

Rua Conde de S. Salvador, 324, Matosinhos
Até 31 de Julho
Segunda a sexta 9>12.30 h e das 14>19.30 h | Sábados 9>12.30 h

loteposte3